DUPLO ETÉRICO, DESEQUILÍBRIO EMOCIONAL E CÂNCER

O duplo etérico assemelha-se à camada de ozônio que reveste o planeta Terra, pois essa camada protetora tem, por analogia, a mesma função do duplo etérico no ser humano. Ele não é apenas um intermediário passivo entre o perispírito e o corpo físico, porquanto reage de forma instintiva em defesa às emoções e aos pensamentos daninhos que perturbam o perispírito e causam efeitos enfermiços no corpo carnal.

886Este automatismo instintivo possibilita ao duplo etérico deter a carga deletéria dos aturdimentos mentais que baixam do perispírito para o corpo físico, pois, do contrário, bastaria o primeiro impacto de cólera para desintegrar o organismo carnal e romper sua ligação com o perispírito, resultando no desencarne do ser.

Os pensamentos desatinados provocam emoções indisciplinadas, gerando ondas violentas que se lançam, por meio do duplo etérico, da mente incontrolada para o cérebro físico, destrambelhando o sistema nervoso do ser sob esse mar revolto de vibrações antagônicas.

Em seguida, perturba-se a função delicada dos sistemas endócrino, linfático e sanguíneo, podendo ocorrer consequências físicas na forma de patologias, como apoplexia, decorrente do derrame de sangue vertido em excesso pela cólera, síncope cardíaca, em virtude da contenção súbita da corrente sanguínea alterada pelos impactos do ódio, ou a repressão violenta da vesícula, devido a uma explosão de ciúme.

Os desajustes morais são uma fonte crescente de distúrbios psíquicos, gerando um número cada vez maior de indivíduos neuróticos, esquizofrênicos e desesperados, tudo isso como consequência da intensa explosão de emoções alucinantes que desajustam o sistema nervoso.

Isto resulta em um aumento do índice de vítimas, pois o duplo etérico torna-se impotente para resistir ao bombardeio incessante das emoções tóxicas e agudas vertidas pela alma e alojadas no perispírito, até que sejam transferidas ao corpo físico. Assim, se a carga deletéria acumulada em vidas anteriores for aumentada com desatinos da existência atual, essa saturação pode gerar afecções mórbidas cruciantes, como o câncer e outras enfermidades.

Fonte: Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas; link do texto integral, aqui:
http://www.ippb.org.br/…/e…/editora-vivencia/o-duplo-eterico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s