BENEFÍCIOS PAGOS COM A INGRATIDÃO

Que pensar daqueles que, tendo seus benefícios pagos com a ingratidão, não fazem mais o bem com medo de reencontrar ingratos?

Estes têm mais de egoísmo que de caridade, pois não fazer o bem senão para dele receber sinais de reconhecimento, é não fazê-lo com desinteresse; são orgulhosos, porque se comprazem na humildade do beneficiado que vem depositar reconhecimento aos seus pés.

693É preciso sempre ajudar os fracos, mesmo sabendo de antemão que aqueles a quem se faz o bem não lhe serão gratos.

Contudo, sabei que, se aquele a quem prestais serviço esquece o benefício, Deus vo-lo terá mais em conta do que se tivésseis sido recompensados pelo reconhecimento do beneficiado.

Lembrai-vos: Deus permite que sejais pagos, por vezes, com a ingratidão, para experimentar a vossa perseverança em fazer o bem.

Aquele que procura na Terra a recompensa do bem que faz, não a receberá no céu.

(O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XIII)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s