SOFRIMENTO E EVOLUÇÃO

Não se queixe das provas nem murmure contra aqueles que delas são os instrumentos; mas agradeça a Deus por experimentá-lo, fornecendo-lhe ocasião de desenvolver paciência, resignação, perdão e tantas outras virtudes que necessitamos.

Não pense que seu sofrimento é causado pela má conduta de outras pessoas; esteja certo de que a relação de convivência é divina escola, e que as más ações dos outros são as provas que nos impulsionam ao desenvolvimento das virtudes que nos faltam.

659É pela falta de virtudes que sofremos o orgulho ferido, a vaidade frustrada e tantos outros dissabores reminiscentes da identificação maciça com o ego-orgulhoso.

As virtudes são o “passaporte” para reencarnarmos – futuramente – em mundos melhores, em corpos que não adoecem, que não degeneram, que não defecam.

Há inumeráveis mundos onde o homem não mais enfrenta a dor do resgate de dívidas pretéritas (que estamos expiando aqui na Terra), nem sofre a “perda” dos entes amados, nem se vê restrito a “rastejar” pela superfície de um tacanho planeta. Nesses orbes, os homens gozam a alegria de transitar livremente entre os incontáveis globos do espaço.

As virtudes guardam a evolução do espírito humano. E nos mundos de provas, o sofrimento é o mais eficiente mecanismo da impulsão moralizante.

Pensemos nisso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s