A INJUSTIÇA

Injustiça é o sentimento daquele que se aflige e se vitimiza frente aos dissabores do mundo e da relação social, porque não compreende a lei de causa e efeito, e nem tampouco, a sua abrangência. Ora, se injustiças existissem, Deus não seria justo, e portanto, não seria Deus.

104Injustiças não acontecem. O que acontece é que, às vezes, quando menos esperamos, recebemos da existência a “fatura” dos débitos passados; a isso atribuímos, erroneamente, o nome de injustiça.

Não devemos nos ofender, e nem nos ocupar com o mal que outras pessoas fazem, porque elas responderão por suas faltas no curso de suas existências.

Todavia, é preciso preocupar-se com o próprio mal, porque o mal do outro será débito para ele, mas, ao ofender-se e contra-atacar o mal que recebe, contrai-se um débito que será preciso resgatar futuramente sob a pena de uma nova “injustiça”.

A razão, ao problematizar os revezes da vida como consequências de nossos próprios atos, suscita-nos, como dever, o enfrentamento do sofrimento sem revoltas. Pelos novos horizontes que a fé raciocinada possibilita, diferentemente da fé cega, encontramos na reflexão a arma que nos permite enxergar, de forma tangível,  que somente colhemos no agora o nosso próprio plantio de outrora.

É por este motivo que devemos nos concentrar firmemente no momento presente, porque é hoje que semeamos os sentimentos que amanhã colheremos.

Mágoa, rancor, ofensa,… ou indulgência, compreensão e perdão das ofensas.

Você escolhe entre ofender-se com o mal que recebe e desejar o mal igualmente, ou, independentemente do mal que recebe, insistir na vontade de cumprir o dever de fazer o bem incondicionalmente.

E é o resultado deste esforço que combate o orgulho pelo apoio da razão, ou da entrega ao sentimento irracional da vitimização, que definirá um amanhã inédito e mais feliz, ou um futuro repetível das mesmas angústias e frustrações que já conhecemos.

Pense nisso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s